Nós do Brian J. Smith Brasil estamos abrindo vagas em nossa equipe para newsposters, tradutores, transcritores, legenders e social media! Se você é apaixonado pelo trabalho do Brian ou se o acompanha já um certo tempo por seus últimos trabalhos: Sense8, The Glass Menagerie, Sweet Bird of Youth, esta é uma boa oportunidade para fazer parte da única fonte atualizada do ator e reconhecidos pelo o mesmo desde 2015.

Somos poucos atualmente no site e há um pouco de trabalho a ser feito: postar notícias, cuidar da nossa página do facebook, traduzir, transcrever, legendar… Por isso, antes de se inscrever, por favor, esteja ciente de que fazer parte de um fã-site é um compromisso não só com o mesmo, mas também com os leitores que esperam por novidades. Tenha em mente que é um trabalho sério e não remunerado. Tudo o que fazemos é exclusivamente para os nossos leitores, então caso você esteja querendo se inscrever por estar de férias ou achar que possui um tempinho livre, pense mais uma vez. Precisamos que você se dedique, pelo menos algumas horinhas quando sair notícias, pois nem sempre vai sair vídeo ou entrevistas.

Confiram a seguir as vagas disponíveis, preencham o formulário e qualquer dúvida nos mande um e-mail para: contatobjsbr@yahoo.com

 

NEWPOSTER

É a pessoa responsável pela publicação de notícias no site. O candidato deve estar por dentro das notícias e postá-las, por isso é preciso saber usar ferramentas como o WordPress. É necessário ter um bom conhecimento da língua portuguesa para a elaboração dos textos, como também da língua inglesa.

TRADUTOR

É a pessoa responsável pela tradução de notícias em inglês para o português. Precisa ser fluente ou ter no mínimo um bom conhecimento da língua inglesa.

TRANSCRITOR(A) E LEGENDER

É a pessoa responsável pela transcrição e/ou tradução e por elaborar as legendas dos vídeos, bem como envio para YouTube, Vimeo, etc.

SOCIAL MEDIA – VAGA DISPONÍVEL: FACEBOOK

O social media é responsável por cuidar das redes sociais do site, sempre atento as novidades e notícias.

FORMULÁRIO

Caso não esteja conseguindo visualizar o formulário, clique aqui.

 

 

Créditos ao Portal 50 Tons por elaborar um formulário

pelo qual utilizamos como referência para o nosso.

Durante a semana do Orgulho LGBTQ+2 em Vancouver no Canadá, Brian J. Smith chegou na cidade ontem na sexta-feira de manhã (04) para acompanhar aos preparativos do evento junto com seus co-stares Max Riemelt e Toby Onwumere da série Sense8 e acompanhados da estrela por trás da série de grande sucesso e repercussão da Netflix a diretora e escritora Lana Wachowski.

Ao decorrer da transmissão ao vivo pela página de Sense8 que aconteceu hoje (05) diretamente de Vancouver as estrelas da série conversaram sobre a série, sobre suas experiências e responderam perguntas de fãs..

Link para assistir a transmissão que ficou gravada na página: clique aqui ou assista ainda nesse post.

E com a sua primeira aparição nas redes sociais a Lana diretora e escritora da série abre a transmissão contando um pouco como foram as coisas quando a série foi cancelada pela Netflix, antes que os fãs ao redor do mundo salvassem a série com diversas petições, reclamações, pedidos em todas as redes sociais.

“Eu recebi um e-mail brutal da Netflix cancelando a série. Depois mandaram outros mais brandos, mas foi de partir o coração. (…) Foi uma das coisas mais tristes pra mim ter que parar de trabalhar com essas pessoas. Foi ótimo e inexplicável trabalhar com estas lindas pessoas..

Lana ainda revela que a empresa não voltou atrás com a decisão de cancelamento da série mesmo com milhares de fãs pedindo a volta da série com uma continuação digna da série.

 

 

“Mesmo com todo o apoio dos fãs, a Netflix continuou dizendo não. Eu já estava pronta para seguir uma outra direção na minha vida quando a Netflix ligou de volta depois de umas duas semanas, devido às inúmeras petições e reações nas redes sociais. (…) É por isso que estou aqui numa rede social pela primeira vez, para poder agradecer aos fãs.

E ela afirma com todas as letras que quem salvou a série foram os fãs do show. Após minutos o ator Toby Onwumere, conta que nunca havia visto tantas pessoas na sua vida durante as gravações da segunda temporada de Sense8 em São Paulo no Brasil quando participaram do maior desfile do Orgulho LGBTQ para as gravações na cidade brasileira e vale ressaltar que também ao redor do mundo conhecendo 16 cidades, 8 países em quase 8 meses de gravações.

“Todo o nosso amor por Brasil e por São Paulo. Sou extremamente agradecida pela forma com que os brasileiros abraçaram essa série. (…) Eu sempre quis visitar a cidade e por isso escrevi uma sequência inteira ambientada lá e acabou sendo uma das melhores experiências da minha vida”. – LW

E Lana revela a grande surpresa que todos esperavam e aguardavam: Ela conta que está escrevendo a terceira temporada de Sense8. Confira neste vídeo abaixo:

Outrossim, diante dessa informação possivelmente acontecerá a terceira temporada de Sense8 e não só havendo um especial de 2 horas como a LW havia se pronunciado em 29 de junho desse ano após o cancelamento da série, pois isso é a visão da empresa e da LW é que se os fãs continuarem a fazer barulho e com a audiência em alta que tudo poderá mudar e se tudo der certo com o apoio, amor e carinho dos fãs isso será realizado de acordo com a mesma. Só nos resta esperar.

 

 

Créditos especiais ao Ligado em série pelas traduções da transmissão que aqui utilizamos. Saiba mais também conferindo no portal deles sobre esta notícia: clique aqui.

“Querida família Sense8,
Venho querendo escrever esta carta há algum tempo. O derramamento de amor e tristeza que veio com a notícia de que Sense8 não iria continuar foi tão intenso que eu frequentemente me encontrava sem coragem de abrir meu próprio email. Confesso que caí numa depressão séria.
Eu nunca tinha trabalhado tanto, ou colocado tanto de mim em um projeto, como eu fiz em Sense8. E seu cancelamento me esvaziou. Senti um desapontamento pela minha equipe maravilhosa (queria que as pessoas pudessem entender o impossível que eles alcançaram com uma regularidade ímpar). Eu senti a tristeza dos atores que tinham dado tanto de si mesmos, sempre encontrando forças quando o sol aparecia entre as nuvens. Mas, acima de tudo, eu senti o coração partido dos nossos fãs (de novo, eu queria poder me conectar num cluster com vocês para dividir alguns dos lindos momentos, os abraços, lágrimas e risos, assim como as inspiradoras e edificantes conversas que tive com as pessoas que se conectaram à série; elas são diferentes de todos os fãs que já encontrei como artista).

Amigos me ligaram de todo o mundo perguntando “não tem nada que você possa fazer?”

E a verdade era: não. Sozinha, não tinha nada que eu pudesse fazer.

Mas, assim como os personagens da nossa série descobriram que eles não estão sozinhos, eu também descobri que não sou só um “eu”. Também sou “nós”.

As cartas apaixonadas, petições, a voz coletiva que se levantou como o punho da Sun para lutar por essa série foram além do que qualquer um poderia esperar.

Neste mundo, é fácil acreditar que você não pode fazer diferença; que quando um governo, uma instituição ou uma corporação toma uma decisão, ela é irrevogável; que o amor é sempre menos importante que a última linha.

Mas esse é um presente dos fãs que eu sempre vou carregar no meu coração: por mais que na maioria da vezes essas decisões sejam de fato irreversíveis, isso não é sempre verdade.

De forma improvável, inesperada, seu amor trouxe Sense8 de volta à vida. (Eu poderia beijar cada um de vocês!)

É minha grande alegria, assim como da Netflix (acreditem, eles amam essa série tanto quanto nós, mas os números sempre foram desafiadores), anunciar que vai ter outro especial de 2 horas lançado no ano que vem. Depois disso… bom, se essa experiência me ensinou alguma coisa, é que a gente NUNCA sabe.

Obrigada a todos vocês. Agora vamos descobrir o que acontece com o Wolfgang.”

Lana Wachowski

Uma semana na vida de Brian J. Smith de Sweet Bird of Youth.

Enquanto se prepara para estrelar ao lado de Marcia Gay Harden em Chichester, o ator  revelou algumas cenas da produção para o setor mediático londrino Whats on Stage.

Brian J Smith com Marcia Gay Harden em Sweet Bird of Youth Marcia Gay Harden e Brian J Smith no ensaio para Sweet Bird of Youth

Brian J. Smith é conhecido por seus papéis na tela na série Sense8 e na série de ficção científica Stargate Universe. Ele interpretou The Gentleman Caller na produção da Broadway em 2013 de John Tiffany, The Glass Menagerie, retomando o papel em West End em 2017 e foi posteriormente nomeado para ao Olivier Awards deste ano como “Melhor Ator Coadjuvante”.

Ele está se preparando para abrir no filme Sweet Bird of Youth de Tennessee Williams, que verá a atriz americana, Marcia Gay Harden, fazer sua estréia no cinema no Reino Unido. Na sequência da abertura da produção, pedimos ao Smith que nos guarde um pouco dos bastidores no Chichester Festival Theatre para ver alguns dos preparativos que acontecem para a peça.

A tintura de cabelo

115374.jpg

BJS: “Preparando o loiro.”

As vistas de Chichester

115379.jpg

BJS: Não é um mau lugar para trabalhar nas linhas.

O traje apropriado

115373.jpg

BJS: “O elenco reunido pela primeira vez em traje”.

Selfie com Derek Jacobi

115370.jpg

BJS: “Derek não ficou impressionado com o meu desempenho na segunda prévia”.

Ensaios tecnológicos

115377.jpg

BJS: “Esse brilho de ensaio tecnológico! Com os membros da companhia Rob [Ostlere], Dan [Tuite] e Sam [Phillips]”.

Prévia do piquenique

115367.jpg

BJS: Tempo do piquenique antes de um das primeiras prévias.”
A peça estará em exibição em Chichester Festival Theatre até o dia 24 de junho.
FONTE;

Brian J. Smith interpretou o policial norte-americano nascido em Chicago nas duas únicas temporadas da série Sense8 e o mesmo se despede da série através de um pronunciamento falando sobre o seu posicionamento sobre o cancelamento da série que foi feito há alguns dias atrás e ainda comenta sobre o barulho que os fãs de Sense8 causaram durante os últimos dias e que estão todos revoltados com a decisão tomada pela Netflix e prometem ainda fazer barulho pelas redes sociais para indagar a continuação da série, porém o ator tomou a iniciativa para se despedir de uma forma correta e respeitosa com todos os fãs da série e daqueles que o acompanhou desde 2015.

Leia a seguir a tradução feita pela nossa equipe da carta de pronunciamento com algumas alterações para um fácil entendimento para todos.

 

Querida família Sense8

Eu só queria aproveitar um momento para agradecer pessoalmente pelo amor e apoio que você colocou a luta na semana passada ou assim. Na sequência de tantas más notícias, foi encorajador saber o que Sense8 representava significava tanto para tantas pessoas.

E desde que você foi tão extraordinariamente apaixonado, sinto que é justo que você tenha mais do que um serviço de lábios – uma curta conversa – ou um tweet bobo de mim.

Gente, não há segredos aqui. Recebi o mesmo motivo para o cancelamento que você possui: audiência. Tanto quanto sei, não há uma intriga de tribunal obscuro que contribuiu para a decisão da Netflix, e eu sei que muitas pessoas muito inteligentes tiveram que chegar a um consenso para puxar o plugue em um show que já haviam investido uma quantidade insana de capital – de dinheiro -, mesmo que isso significasse que a história nunca chegaria a um final. Pense que a parte mais triste de terminar um show dessa maneira é saber que as futuras audiências nunca levantarão uma história que eles sabem que não tem resolução. Parece um desperdício.

De qualquer maneira –

Você lembra quando eu tweetei em 30 de maio, em resposta à preocupação de um fã de que o show possa ser cancelado? “Este pode ser um bom momento para começar a fazer barulho”? Eu tinha uma idéia bastante clara por esse ponto que Netflix tinha feito o seu movimento, e eu também sabia por experiência anterior que, uma vez que um cancelamento é anunciado, não há retorno. Eu garanto que você foi visto e você foi ouvido.

Por favor, saiba que a luta que todos vocês colocaram na tentativa de salvar algo que você amava será para sempre a “temporada final” do Sense8. Você deu ao show o final que merecia. Mesmo que essa luta não tivesse um final feliz, isso significava algo. Nunca se esqueça disso.

Nossos produtores da Netflix Peter, Cindy e Tara foram fãs do show desde o primeiro dia. Participaram conosco, encorajaram-nos, nos apoiaram incondicionalmente. Não invejo a posição em que estão aqui. A Netflix é uma empresa relativamente jovem e esses tipos de dores crescentes sugam. Mas lembre-se de que eles fizeram este show estranho, maravilhoso e não convencional em primeiro lugar e também o show só continuaria se apenas a audiência justificasse a despesa. Pode não parecer justo em face de uma folga de fãs tão apaixonados, mas sempre, SEMPRE se resume a números.

Não há raiva e nem amargura no meu coração. Este menino do Texas chegou a ver o mundo, conseguiu trabalhar com as Wachowskis e aquele incrível elenco e equipe, muitos dos quais são amigos de toda a vida; Tenho que conhecer muitos de vocês. Eu acho que você pode dizer que eu cresci muito como ator entre a primeira temporada e a segunda. Isso é tudo que eu poderia querer desta experiência. O resto é molho.

Você pode descansar facilmente sabendo que mesmo que o show não continue, você fez a diferença. Você colocou um bom, não, não, uma grande luta. Eu sempre considerarei  Sense8 como uma espécie de sinfonia inacabada, um lembrete para nunca aceitar as coisas que amamos por concedido. Eu vou sentir falta do show e vou sentir falta de Gorski, mas vou para frente e nunca mais serei o mesmo.

Obrigado a todos do fundo do meu coração.”

FONTE

Brian J. Smith precisou mudar de visual recentemente para interpretar Chance Wayne na peça “Sweet Bird of Youth” que esteve aberta nestes últimos dias para as suas primeiras prévias da trama teatral durante o Chichester Festival Theatre em Chichester, Reino Unido.

As primeiras prévias da peça começaram no dia 02 de junho e vão até hoje (08) e amanhã (09) será o dia da abertura oficial da peça que estará em exibição para visitação ficando até o dia 24 deste mês.

Confira a seguir as fotos de produção da peça com Brian J. Smith e elenco em nossa galeria em HQ.

INICIO > PEÇAS DE TEATRO | THEATER PERFORMANCES > SWEET BIRD OF YOUTH AT CHICHESTER THEATRE, JUNE 2017 – LONDONFOTOS PROMOCIONAIS DE PRODUÇÃO

18921163_10155399030273415_1929651050407803578_o.jpg18922732_10155399030103415_9122763329668723041_o.jpg18922864_10155399030463415_3076497501004070207_o.jpg19023345_10155399030263415_3088371834190885467_o.jpg

É com muita tristeza e dor em nossos corações que noticiamos que Sense8 foi cancelada pela Netflix.

Há algumas semanas atrás fãs da série observaram a quantidade de séries que tiveram as suas últimas temporadas lançadas canceladas pela a empresa e partindo disso surgiu os rumores que possivelmente Sense8 seria cancelada, mas NINGUÉM acreditava que isso poderia acontecer e aqui vai alguns pontos que acreditamos por serem três motivos para não acontecesse isso, leia:

1 — Não fez nem um mês que a 2ª temporada (a última) foi lançada após quase 2 anos desde o lançamento da mesma com 12 episódios.

2 — A renovação de contrato profissional com os atores já estavam quase todos confirmados.

3 — A equipe de produção e elenco não deram um final exato e digno para a história dos Sensates.

E aqui vai alguns pontos que podemos destacar pela qual veio o cancelamento de Sense8:

1 — Lana Wachowski a diretora, criadora e produtora da série carregou a 2ª temporada inteira nas costas através de 16 cidades ao redor do mundo e ao lado de seus fiéis companheiros: James Mc Teigue, Tom Tykwer, Cindy Holland e também pelas as irmãs Allegretti’s e de todo o elenco de produção que cooperou pela a criação tanto da 2ª temporada e da primeira e sem se esquecer de sua irmã Lilly e também de J. Michael Straczynski, pois alguns dos encarregados da criação da série também continuaram ajudando nas filmagens da segunda temporada.

2 — As custas de financiamentos para uma 3ª temporada custaria caro para a empresa e produtores executivos e ect, isto leva a crermos no cancelamento da série..

3 — Roberto Malerba, um dos produtores do show, havia dito que a série deveria encerrar em sua terceira temporada devido aos custos de produção e ao recente afastamento de Lilly por motivos pessoais.

4 — De acordo com os supostos rumores nas redes sociais, alguém dos atores principais se recusou a continuar na série e a empresa não viu outra alternativa a não ser cancelar..

OBS: O cancelamento não foi nada justo com os fãs e ainda estamos em choque com a decisão do rompimento da continuação da história da série.

“Nós a apresentamos como uma história de cinco anos. Temos mapeado cinco temporadas de série, as negociações com os atores estão sendo feitos para cinco temporadas, cinco ou seis, dependendo das pausas”, afirmou Straczynski em 2015.

Na segunda-feira 29 de maio, Brian J. Smith (Will Gorski) na série publicou em seu Twitter a seguinte frase:

“Isso pode ser um bom momento para começar a fazer barulho.”

A partir disso os rumores do cancelamento se fortaleceram e também houve o fortalecimento da união dos fãs e tanto dos fãs-sites para a série quanto dos atores.
Entretanto hoje 01 de junho de 2017 a série foi cancelada e foi noticiada através de um jornalista hoje mais cedo, por volta das 14h (horário oficial de Brasília). Confira na tweet a seguir publicada pelo o Brian no Twitter.

“Desculpa pessoal. Obrigado pela paixão e apoio de vocês nestes últimos dias, foi muito comovente ver o amor de vocês pelo o show. Avante”

 

E após algumas horas veio uma pequena nota oficial da série no Twitter:

“Obrigada por serem parte da nossa jornada. Sensates para sempre.”

Em nota oficial a Vice-Presidente da Netflix, falou sobre o cancelamento da série em esclarecimento oficial sobre Sense8, leia a seguir.
“Após 23 episódios, 16 cidades e 13 países, a história de Sense8 está chegando ao fim”, disse Cindy Holland, a vice Presidente da Netflix, “É tudo o que nós e os fãs sonhamos que seria: corajoso, emocional, deslumbrante, chute e muito inesquecível.”

A Holland continua se a expressar sobre a série.

“Nunca houve um show mais verdadeiramente global com um elenco e equipe igualmente diverso e internacional, que é apenas refletido pela comunidade conectada de fãs profundamente apaixonados em todo o mundo. Agradecemos a Lana, Lilly, Joe e Grant por sua visão, e todo o elenco e a equipe pelo o compromisso”.

Por fim após a notícia sobre o cancelamento da série ter sido espalhado ao redor do mundo e através dos protestos nas redes sociais pelos os fãs inconformados, leia a seguir as mensagens feitas pelo o elenco da série publicadas hoje sobre o cancelamento da série.

Brian J. Smith (Will Gorski)

Instagram

“Notícias tristes pessoal: Sense8 foi oficialmente cancelada. Foi realmente a maior e melhor experiência da minha carreira, e eu vou sentir falta dela mais do que posso dizer. Obrigado pelo passeio incrível. A vida está cheia desses términos inesperados – pequenos lembretes para apreciar o que temos enquanto nós temos. Amor para todos vocês.”

Twitter

“Desculpa pessoal. Obrigado pela paixão e apoio de vocês nestes últimos dias, foi muito comovente ver o amor de vocês pelo o show. Avante”

 

Adam Shapiro (Dr. Metzger)

“Muito amor ao elenco e equipe de produção que trabalharam tanto nas duas temporadas. Tenho muito orgulho de ter sido parte do seriado mais épico já feito.”

Fremma Agyeman (Amanita)

“Estamos de corações partidos. Esse seriado era a definição de global, igualdade, inovação e diversidade. Televisão da forma mais representativa e inclusiva.”

Toby Onwumere (Capheus Onyango)

“Não poderia ter pedido para uma melhor introdução ao mundo da indústria. Eu amo todos os sensates em todos os lugares.”

Tina Desai (Kala Dandekar)


“Eu lamento por #Sense8 ter sido cancelada. Foi uma experiência incrível. Obrigada a todos que assistiram e apoiaram o show. Nós sentiremos saudades.

Tuppence Middleton (Riley Blue)


“Obrigada meus queridos Sensates por uma experiência maravilhosa e memórias que nunca esquecerei. Que orgulho ter sido parte deste show ?”

Miguel Ángel Silvestre (Lito Rodriguez)

“Uma das mais belas experiências que tive. Graças as irmãs Wachowskis, Netflix, Cindy Holland, James McTeigue, Peter Friendlander, Tom Tykwer, Tara Duncan, Carmen Cuba e toda a equipe por fazer isso acontecer.”

Doona Bae (Sun Bak)

“Obrigada a minha família Sense8 pelas memórias inesquecíveis e incríveis… E muito obrigado pela Lana pelo o seu amor e paixão e por um trabalho tão difícil nesta obra-prima.”

 

 

Ajude todos os fãs com o baixo assinado para pedir a 3ª temporada da série.

Junte-se a nós e sobreviveremos. 

Acaba de sair o trailer oficial da segunda temporada de Sense8, na qual Brian J. Smith interpreta o policial de Chicago.

Assista ao trailer oficial.

 

Fizemos as capturas de tela do trailer e já colocamos em nossa galeria, confira.

INICIO > SÉRIES DE TV | TV SERIES > SENSE8 > SEGUNDA TEMPORADA (2016-2017) > SCREENCAPS OF THE OFFICIAL TRAILER

Faltando apenas algumas semanas para a divulgação dos 10 (dez) novos episódios da nova temporada da série Sense8, uma das séries mais assistidas e acompanhadas da Netflix e aclamadas pelos fãs brasileiros, estará disponível no dia 5 de Maio de 2017 com Brian J. Smith retornando para a continuação da série como o policial Will Gorski.

Confira em nossa galeria as novas fotos promocionais da segunda temporada em altíssima qualidade e assim que sair mais fotos iremos atualizar este post e o álbum da nossa galeria. Esperamos que gostem das imagens novas! 😉

INICIO > SÉRIES DE TV | TV SERIES > SENSE8 > SEGUNDA TEMPORADA (2016-2017) > FOTOS PROMOCIONAIS DA SEGUNDA TEMPORADA (HQS)

Sense8_2x01_BJSBR_STILL.jpgSense8_2x03_BJSBR_STILL21.jpgSense8_2x03_BJSBR_STILL__.jpgSense8_2x05_BJSBR_STILL_.jpgSense8_2x03_BJSBR_STILL_.jpg

OBS: As fotos foram concedidas a nossa equipe e os devidos créditos estão nos títulos das imagens na galeria e quando salvo as fotos, irá aparecer de qual episódio é aquela foto promocional. Das 15 novas fotos, todas elas são de alguns dos 10 episódios.

Em uma nova entrevista divulgada pelo o setor mediático inglês, o Brian concede algumas informações sobre a peça e conselhos. Leia a seguir a matéria da entrevista traduzida.

Theatre.london> O que há de novo> Brian J Smith: The Glass Menagerie “realmente visa assombrar você”

A estrela do EUA trouxe a sua nomeação ao Tony Awards e seu desempenho para Londres e o poder do teatro.
TL: Não é muito frequente que um ator admita que a peça em que está estrelando pode causar uma auto-agressão. A estrela americana Brian J. Smith, que está atuando como o Gentleman Caller em The Glass Menagerie, está feliz em quebrar esse molde. Por quê? Por causa do excepcional trabalho do diretor John Tiffany. 
Sem isso, diz ele, a peça pode ser muito deprimente. É difícil discutir com ele. A história, que ajudou a tornar o nome do dramaturgo Tennessee Williams, não é felizSegue-se uma família em que a mãe anseia por os luxos que ela está perdida, o filho está preso em um trabalho que ele odeia, e a irmã é prejudicada pela insegurança e pela baixa auto estimaMas nada melhora
No entanto, Brian J. Smith, uma ex-estrela da franquia Stargate Universe que lidera o elenco da drama da Netflix Sense8, retornou para a produção da peça em Londres e por ter impressionado o público e os juízes do Tony Award em Nova York. Por quê? Porque o coração da peça é muito afetuoso. E porque o diretor John Tiffany da peça Harry Potter e a Criança Amaldiçoada,tem trabalhado a sua magia teatral sobre ele.
TL: O que o público pode esperar de The Glass Menagerie?
Brian J. Smith: Eles podem esperar para deixar o teatro com seus corações abertos um pouco. Apenas um pouco abalado, mas movido por algo muito bonito. Alguns shows quer impressioná-loEles são muito intelectuais e eles jogam com sua mente. Este não é esse tipo de experiência. Este realmente pretende assombrá-lo.
TL: Como você se sentiu na sua estreia no West End?
Brian J. Smith: É algo que eu sabia que chegaria por um tempo, mas não sei me sentir real até a nossa primeira prévia. Você está sempre se perguntando: “Como eles vão reagir a nós aqui?” Como são o público londrino e o que vai tirar para este show? Como são audiências de Nova York vai levar a este show.” É sempre a nosso favor. Eu acho que é porque amamos o show tanto. Eu acho que as pessoas entendem e sentem o cuidado que temos pela peça. Eles respondem a ele.
Quando isso terminou em Nova York, eu sabia que eu não estava satisfeito com o término dele. Foi um momento tão especial na minha vida, fazendo desta peça nos Estados Unidos. Você raramente muito na vida tem a oportunidade de revisitar algo que significou muito para você. É quase como voltar para onde você passou verões de sua infância.
TL: Por que outro renascimento de The Glass Menagerie?
Brian J. Smith: Primeiro, este é definitivamente [o Diretor da peça Harry Potter e a Criança Amaldiçoada] uma produção de John Tiffany. Ele traz esse sentido de elevar e magia e compaixão e truques no palco para o show que pode fazer uma peça de outra forma e muito sombrio do trabalho em algo que é bonito. O que John viu na peça é algo a ver com a beleza de nostalgia. O lado realmente prazeroso e doloroso de olhar para trás em algo que aconteceu em sua vida. Ele transformou isso em algo que só pode existir em um palco. 
TL: Quão importante você acha que é que o show está vendendo 20.000 bilhetes por £ 20 (euros) ou menos?
Brian J. Smith: Eu acho que é incrível. Acho que é muito importante que nos asseguremos de que as próximas gerações venham e vejam as peças/os shows, se inspirem e queiram fazer parte do mundo do teatro. Fazer bilhetes acessíveis desta forma é parte disso. Em Nova York, os ingressos podem ser de US $200 ou US $300 para assentos de back-row. Eu acho que é ótimo trazer o show para Londres e ter que ser onde estudantes, baristas, qualquer um pode vir e ver a peça. É feito para todos. Eu não acho que o teatro deve ser uma experiência elitista. 
TL: Será que você quis ir ao teatro quando era adolescente?
Brian J. Smith: Na verdade não. Meninos do Texas não iam muito ao teatro. Embora na escola, quando eu comecei a me interessar pelo teatro, tivemos muitos teatros realmente grandes em Dallas. Eu vi uma bela produção de A Gaivota. Eu posso lembrar quase tudo sobre ele. Os sentimentos que me fez sentir foram tão maravilhosos. Eu não sabia que era possível. Eu estava maravilhado com o que eles fizeram.
Eu sempre me lembro disso. Às vezes eu me viro para trabalhar e estou cansado ou tenho um resfriado e eu penso: “Como vou andar nesse palco e dar alguma coisa?” Então eu lembro que há pessoas naquela audiência como que tem 16 anos de idade  e que eu tenho a possibilidade de dar a eles a mesma sensação que eu tive. Isso me acorda imediatamente e realmente me deixa animado para sair e compartilhar algo com eles.
TL: Como é assistir ao teatro que você ama?
Brian J. Smith: Vi Hedda Gabler no National depois do ensaio uma noite, que eu simplesmente amei. Sinéad Matthews deu um desempenho surpreendenteSeu coração partido, a emoção.. ela estava tremendo. Isso é o que o teatro faz de uma maneira que nada mais pode. Você vê uma pessoa real na frente de você ter uma experiência e não pode ajudar, mas abra seu coração e o humaniza. Seu rosto é algo que eu nunca vou esquecer. É por isso que vou ao teatro e é isso que me inspira a fazer teatro.
TL: Se você pudesse dar um conselho aos aspirantes e aos atores, o que seria? 

Brian J. Smith: Você tem que encontrar maneiras de manter a sua mente e o corpo saudáveis. Yoga é algo que me manteve realmente saudável e se encaixam em uma boa maneira. Você precisa ter essas práticas espirituais em sua vida, porque você pode se perder muito facilmente, especialmente nos momentos em que você não está trabalhando, o que pode ser frequente.Você realmente tem que tomar uma decisão. Os atores que eu vi ir e ganhar a vida são aqueles que teimosamente disseram: “Isso é o que estou fazendo. Isto é o que eu sou. “Eles ficaram presos com ele em face de muita rejeição, incerteza e completa pobreza abjeta. Eu estive lá. Por alguma razão eu só tinha aquela pequena voz na minha cabeça dizendo: “Eu estudei. Eu me sacrifiquei. Eu fiz tudo. Eu me coloquei nessa posição e meu Deus vou segui-la.”

 

Brian J. Smith ficará com a peça “The Glass Menagerie” em West End no teatro Duke of York’s, em Londres até o dia 29 de Abril.

FONTE;